In:Cuerpo

Série de reenactments de Performance

+ Livro de Artista (30 unid/80 pag)

Cidade do México, México. 2017

Durante os meses de janeiro e fevereiro de 2017, pesquisei, nos arquivos da UNAM, do EX Teresa e do Pinto Mi Raya, registros de obras de arte de ação/ performance no México. A partir do contato com estes registros, performei uma série de reenactments e criei uma publicação acompanhando o processo do trabalho. 

 

O livro, feito em parceria com o coletivo Cráter Invertido, além do material de arquivo e os programas das performances, também traz pequenas apresentações de algumas artistas da cena atual que foram interlocutoras neste projeto.

 

Tensionando as nuances entre acontecimento e imaginação presentes na criação de registros de performances, dentre as 05 cinco obras selecionadas para compôr o programa, apenas quatro foram efetivamente realizadas. No entanto, fabulei fotografias e textos de todas as ações igualmente, de maneira que deixo em segredo (lacrado em envelope) qual das obras não foi realizada como performance, em qual delas a descrição do acontecimento foi inteiramente ficcional.

In:Cuerpo

Série de reenactments de Performance

+ Livro de Artista (30 unid/80 pag)

Cidade do México, México. 2017

Durante os meses de janeiro e fevereiro de 2017, pesquisei, nos arquivos da UNAM, do EX Teresa e do Pinto Mi Raya, registros de obras de arte de ação/ performance no México. A partir do contato com estes registros, performei uma série de reenactments e criei uma publicação acompanhando o processo do trabalho. 

 

O livro, feito em parceria com o coletivo Cráter Invertido, além do material de arquivo e os programas das performances, também traz pequenas apresentações de algumas artistas da cena atual que foram interlocutoras neste projeto.

 

Tensionando as nuances entre acontecimento e imaginação presentes na criação de registros de performances, dentre as 05 cinco obras selecionadas para compôr o programa, apenas quatro foram efetivamente realizadas. No entanto, fabulei fotografias e textos de todas as ações igualmente, de maneira que deixo em segredo (lacrado em envelope) qual das obras não foi realizada como performance, em qual delas a descrição do acontecimento foi inteiramente ficcional.

Lorena Orozco 

*

*

*